Passeata de taxistas contra regras diferentes para aplicativos afeta trânsito no Centro de Campinas

Fonte CONUT - 11/05/2018 - 10h29min
Passeata de taxistas contra regras diferentes para aplicativos afeta trânsito no Centro de Campinas
Uma passeata reuniu taxistas e afetou o trânsito nas ruas e avenidas do Centro de Campinas (SP) na manhã desta quinta-feira (10). A categoria fala em 250 manifestantes, a Polícia Militar contabiliza 150 e a Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec), 100 motoristas.
 
Eles protestam contra as diferenças no controle municipal em relação aos aplicativos de transporte de passageiros. Algumas vias têm lentidão.
 
Segundo o presidente da associação dos permissionários, auxiliares e taxistas (Apetax), Inácio Rodrigues, a categoria quer igualdade na cobrança de impostos e taxas, assim como as vistorias nos veículos, que fazem parte das obrigações dos taxistas, além de mais fiscalização.
 
A entidade afirma que a cidade tem 1,2 mil táxis e outros 7,5 mil motoristas por aplicativos.
 
Trânsito
 
Eles se reuniram por volta das 7h30 na Rua Dr. Sales de Oliveira, na altura da Emdec, e às 8h seguiram em direção ao Paço Municipal. Bloquearam o tráfego de veículos por onde passaram e chegaram na Prefeitura às 9h30.
 
Na Avenida Anchieta, eles ocuparam a pista externa e o trânsito foi desviado para a pista interna, informou a Emdec, enquanto permaneceram no local.
 
Após os motoristas solicitarem uma reunião com o secretário de Transportes da cidade, Carlos José Barreiro, uma comissão de taxistas foi formada para expor as reivindicações ao titular da pasta, na Emdec.
 
Diante disso, os motoristas retomaram a passeata rumo à Emdec por volta das 10h15 e chegaram na sede do órgão às 11h.
 
O que diz a administração municipal
 
A Emdec informou, por nota, que lamenta o protesto e destacou que Campinas "foi pioneira em criar todo um regramento para a regulamentação do transporte de passageiros por aplicativos, que está em consonância com a lei federal aprovada sobre o tema".
 
Destacou que o objetivo era acabar com a ilegalidade na prestação do serviço e estabelecer critérios em prol da segurança dos usuários e da qualidade.
 

Em relação à fiscalização, disse que é educativa. "Punitiva para casos de reincidência ou descumprimento acintoso das regras", finaliza a nota. 

COMPARTILHAR
Passeata de taxistas contra regras diferentes para aplicativos afeta trânsito no Centro de Campinas
11/05/2018
Passeata de taxistas contra regras diferentes para aplicativos afeta trânsito no Centro de Campinas
Ato ocorreu pelas vias da região central em direção ao Paço Municipal no início da manhã e.

Como a tecnologia melhora a qualidade do sistema de transporte
11/05/2018
Como a tecnologia melhora a qualidade do sistema de transporte
Concessionárias apostam em pesquisa para aplicar recursos modernos aos diferentes modais..

 



ondeestamos
SAUS Quadra 01 Bloco J Ed CNT
Torre B Sala 707
Cep: 70070-010
Brasília - DF

faleconosco
Fones: (61) 3364-0303 / 3364-3838
contato@conut.org